5 cuidados que você precisa ter em relação ao gás de cozinha

Reunir os amigos para almoços e jantares comemorativos é sempre um dos momentos mais agradáveis para casais. Mas, para garantir o bem-estar de todos enquanto você demonstra suas habilidades na cozinha, é preciso estar atento a alguns itens de segurança, principalmente com relação aos botijões de gás.

Segundo o Corpo de Bombeiros de São Paulo, apenas no estado, foram registrados mais de 5 mil casos de acidentes por decorrência de vazamento de gás GLP, em 2015 – um crescimento de cerca de 11% em relação ao ano de 2014. Na maioria dos casos, acidentes domésticos causados por vazamentos poderiam ter sido evitados caso houvesse o correto manuseio e manutenção de botijões.

Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudar a tornar a cozinha mais segura para você, seus familiares e vizinhos. As dicas foram dadas pela Copagaz, uma das principais distribuidoras de GLP (gás de cozinha) do país. Confira:

1. Fique atento ao cheiro de gás

Isso pode ser um sinal de vazamento do botijão. Neste caso, para evitar acidentes, não acione equipamentos elétricos, como interruptores e ventiladores. Ventile o ambiente de forma natural, abrindo portas e janelas, para dispersar o gás. Além disso, acione imediatamente a assistência técnica da distribuidora de GLP estampada no corpo do botijão e o Corpo de Bombeiros, se necessário.

2. Faça a instalação correta do botijão

Não utilize o botijão em posição horizontal e na hora da instalação não passe a mangueira por trás do fogão, pois corre-se o risco de a mesma derreter e provocar um vazamento. Outra dica importante é ficar atento aos prazos de validade da mangueira e da válvula, sinalizados em ambos os produtos.

3. Compre seu botijão em locais confiáveis

Evite comprar botijões em locais informais ou clandestinos, como pequenos mercados ou até mesmo em calçada. A venda de um recipiente com valor muito abaixo do mercado é outro alerta de que o botijão pode não ser de procedência confiável.

4. Atente-se à validade do produto

Assim como qualquer produto, o botijão de gás também tem prazo de validade. A cada dez anos, ele deve passar por testes rigorosos para verificar se continua em condições de permanecer no mercado. Caso não, o botijão é sucateado e substituído por um novo. Ao consumidor, cabe ficar atento e verificar se o mesmo está em boas condições – botijões amassados ou enferrujados devem ser evitados.

5. Armazene em local adequado

Não coloque o botijão em lugares fechados, como armários de cozinha. O ideal é que eles sejam armazenados do lado de foram da cozinha, em local arejado, coberto e protegido de chuvas. Além disso, coloque o produto a uma distância mínima de 1,50 m de tomadas, interruptores, instalações elétricas, ralos ou grelhas de escoamento de água.

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar essas HTML tags e atributos de texto: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Siga-nos nas redes sociais e faça parte da nossa comunidade!