Adeus, Zaha Hadid: uma estrela que se apaga no mundo da arquitetura

O mundo da arquitetura não será mais o mesmo depois de hoje. Zaha Hadid faleceu nesta manhã, em Miami, em decorrência de um ataque cardíaco. 

Ícone da corrente arquitetônica desconstrutivista, um movimento pós-moderno marcado pelas curvas, suas obras eram marcadas pelo aspecto futurista. Pioneira, a arquiteta iraniana foi a primeira mulher a receber o Prêmio Pritzker, considerado um Oscar da arquitetura.

Entre as mais notáveis, estão o Centro Aquático das Olimpíadas de Londres, construído em 2012.

Centro Aquático Olimpíadas Londres - Projeto de Zaha Hadid
Centro Aquático Olimpíadas Londres – Projeto de Zaha Hadid

Outra obra notável assinada pela arquiteta é o Heydar Aliyev Center, um complexo cultural na cidade de Baku, no Azerbaijão.

Heydar Aliyev Center, projeto de Zaha Hadid
Heydar Aliyev Center, projeto de Zaha Hadid

Pioneira, a arquiteta iraniana foi a primeira mulher a receber o Prêmio Pritzker, considerado um Oscar da arquitetura. Zaha Hadid nasceu em 31 de março de 1950 em Bagdá, no Iraque, e faleceu, portanto, aos 65 anos, deixando ao mundo seu impressionante legado arquitetônico.

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar essas HTML tags e atributos de texto: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Siga-nos nas redes sociais e faça parte da nossa comunidade!