Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016

O moderno espaço - que tem o toque clássico atualizado, marca registrada do arquiteto - traz as cores off white, chumbo, vermelho, concreto e cobre, e um sofisticado projeto de iluminação. “Tem uma pegada cênica, que proporciona a valorização dos móveis e objetos da Studio Casa”, comenta Mourão. 

O grande destaque do Lounge é o revestimento das paredes com painéis de lâmina Arauco, lançamentos da marca, que apresentam uma textura de cimento queimado, chamado Concreto Decor. Outro ponto alto do ambiente é o jardim vertical em uma das paredes, que traz a paisagem externa para o interior do ambiente.
View Gallery
43 Photos
O moderno espaço - que tem o toque clássico atualizado, marca registrada do arquiteto - traz as cores off white, chumbo, vermelho, concreto e cobre, e um sofisticado projeto de iluminação. “Tem uma pegada cênica, que proporciona a valorização dos móveis e objetos da Studio Casa”, comenta Mourão. 

O grande destaque do Lounge é o revestimento das paredes com painéis de lâmina Arauco, lançamentos da marca, que apresentam uma textura de cimento queimado, chamado Concreto Decor. Outro ponto alto do ambiente é o jardim vertical em uma das paredes, que traz a paisagem externa para o interior do ambiente.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lounge Arauco por Eduardo Mourão

O moderno espaço - que tem o toque clássico atualizado, marca registrada do arquiteto - traz as cores off white, chumbo, vermelho, concreto e cobre, e um sofisticado projeto de iluminação. “Tem uma pegada cênica, que proporciona a valorização dos móveis e objetos da Studio Casa”, comenta Mourão. O grande destaque do Lounge é o revestimento das paredes com painéis de lâmina Arauco, lançamentos da marca, que apresentam uma textura de cimento queimado, chamado Concreto Decor. Outro ponto alto do ambiente é o jardim vertical em uma das paredes, que traz a paisagem externa para o interior do ambiente.

É um ambiente de 50 m², com inspiração na natureza, através de suas formas orgânicas e geométricas, sempre compondo com elementos essenciais à vida, como água, terra, a flora e o ar. Vedete do ambiente, o revestimento em 2D na cor Cartepillar tem forma escultórica em uma parede curva que, ao mesmo tempo, abriga a cuba da cozinha e resguarda a despensa.  As banquetas Spoon são de Antonio Cetterio, da Kartell, e objetos da Italiana Alessi são da empresa Kraft. Os equipamentos gourmet são tecnológicos e produzidos desde a sua fonte com matérias-primas da mais alta resolução.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Cozinha Gourmet , de Luiz Maganhoto e Daniel Casagrande

É um ambiente de 50 m², com inspiração na natureza, através de suas formas orgânicas e geométricas, sempre compondo com elementos essenciais à vida, como água, terra, a flora e o ar. Vedete do ambiente, o revestimento em 2D na cor Cartepillar tem forma escultórica em uma parede curva que, ao mesmo tempo, abriga a cuba da cozinha e resguarda a despensa. As banquetas Spoon são de Antonio Cetterio, da Kartell, e objetos da Italiana Alessi são da empresa Kraft. Os equipamentos gourmet são tecnológicos e produzidos desde a sua fonte com matérias-primas da mais alta resolução.

O projeto é totalmente inusitado, imaginando um dia na selva. Os animais de pelúcia em tamanho real são o centro das atenções no espaço. Além disso, uma árvore resgatada no depósito da prefeitura fica ao centro da área. A arquiteta usou muito material de marcenaria nos painéis ao redor de quase todas as paredes - todos lançamentos na mostra. No piso, há placas de carpet e, ao centro, material emborrachado, totalmente ecológico, feito com material reciclável.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lugar de Criança, da arquiteta Viviane Busch

O projeto é totalmente inusitado, imaginando um dia na selva. Os animais de pelúcia em tamanho real são o centro das atenções no espaço. Além disso, uma árvore resgatada no depósito da prefeitura fica ao centro da área. A arquiteta usou muito material de marcenaria nos painéis ao redor de quase todas as paredes - todos lançamentos na mostra. No piso, há placas de carpet e, ao centro, material emborrachado, totalmente ecológico, feito com material reciclável.

O arquiteto Guilherme Torres é o responsável pelo espaço Sala VIP, de 70 m², chamado por ele de “Sala do Editor”, que marca sua estreia na Casa Cor Paraná. Ele coloca a informação arquitetônica sob a luz dos holofotes, com referências que vão do gênio Mies van der Rohe à diva do estilo Diana Vreeland e ao glam do escritor Truman Capote. Um ambiente que celebra o lifestyle dos grandes articuladores da imprensa deluxe.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala Vip, Guilherme Torres

O arquiteto Guilherme Torres é o responsável pelo espaço Sala VIP, de 70 m², chamado por ele de “Sala do Editor”, que marca sua estreia na Casa Cor Paraná. Ele coloca a informação arquitetônica sob a luz dos holofotes, com referências que vão do gênio Mies van der Rohe à diva do estilo Diana Vreeland e ao glam do escritor Truman Capote. Um ambiente que celebra o lifestyle dos grandes articuladores da imprensa deluxe.

A profissional criou um ambiente com linhas contemporâneas, peças de design e obras de arte modernas, de forma que o uso do espaço não se restringisse apenas à leitura, uma vez que a tendência hoje é de espaços integrados.

Um dos pontos altos do projeto é a lareira, desenhada por ela. É feita de madeira de peroba rosa, retirada de uma área alagada por uma represa no Norte do Paraná. É uma peça suspensa, de madeira rústica, com seis metros de comprimento.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Biblioteca, por Janaina Macedo

A profissional criou um ambiente com linhas contemporâneas, peças de design e obras de arte modernas, de forma que o uso do espaço não se restringisse apenas à leitura, uma vez que a tendência hoje é de espaços integrados. Um dos pontos altos do projeto é a lareira, desenhada por ela. É feita de madeira de peroba rosa, retirada de uma área alagada por uma represa no Norte do Paraná. É uma peça suspensa, de madeira rústica, com seis metros de comprimento.

A concepção é inspirada no movimento da arquitetura industrial, que surgiu na década de 50 em Nova York, tomando partido dos prédios que antes eram fábricas e foram abandonados, transformando-os em edifícios habitacionais ou comerciais, mas preservando suas características originais - como paredes em concreto aparente, tijolos a vista e tubulações e fiações aparentes.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lavabo funcional, das arquitetas Barbara Penha e Pauline Moraes

A concepção é inspirada no movimento da arquitetura industrial, que surgiu na década de 50 em Nova York, tomando partido dos prédios que antes eram fábricas e foram abandonados, transformando-os em edifícios habitacionais ou comerciais, mas preservando suas características originais - como paredes em concreto aparente, tijolos a vista e tubulações e fiações aparentes.

A arquiteta faz uma homenagem à cidade italiana de Firenzi, ao projetar a Sala de Jantar, de 74 m². Entre os móveis estão estantes em laca off white e prateleiras em laca marrom metalizada com pintura automotiva. Foi mantido o piso original do espaço, feito de tacos de madeira maciça. O lustre preto de bacará dá um toque luxuoso.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala de Jantar, projeto de Samara Barbosa

A arquiteta faz uma homenagem à cidade italiana de Firenzi, ao projetar a Sala de Jantar, de 74 m². Entre os móveis estão estantes em laca off white e prateleiras em laca marrom metalizada com pintura automotiva. Foi mantido o piso original do espaço, feito de tacos de madeira maciça. O lustre preto de bacará dá um toque luxuoso.

Com ares do estilo vintage dos anos 60 e 70, o espaço brinca com as estampas e texturas dos tecidos que revestem os móveis e a parede do lugar. A Originale Maison importou da França os tecidos das elegantes maisons Casamance, Casadeco e Camengo, especialmente para o espaço do arquiteto - todos lançamentos da Maison Objet deste ano, só em tecidos.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Living, arquiteto Ivan Wodzinsky

Com ares do estilo vintage dos anos 60 e 70, o espaço brinca com as estampas e texturas dos tecidos que revestem os móveis e a parede do lugar. A Originale Maison importou da França os tecidos das elegantes maisons Casamance, Casadeco e Camengo, especialmente para o espaço do arquiteto - todos lançamentos da Maison Objet deste ano, só em tecidos.

O ambiente apresenta as cores branco, preto e cinza, que predominam, seguindo a tendência do “industrial”. Grades metálicas com pintura automotiva preta e elementos decorativos ganham destaque no espaço, como os metais Deca, na cor Gold Matte.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Toilette Social, de Luciana Hara

O ambiente apresenta as cores branco, preto e cinza, que predominam, seguindo a tendência do “industrial”. Grades metálicas com pintura automotiva preta e elementos decorativos ganham destaque no espaço, como os metais Deca, na cor Gold Matte.

A criação é uma homenagem ao ex-governador e empresário Paulo Pimentel. O arquiteto fez um vasto estudo sobre a vida e a obra de Paulo Pimentel para que, mesmo criando um ambiente contemporâneo, sua persona se reconheça no espaço, utilizando iluminação indireta, alinhando a sobriedade com a descontração.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala de Troféus, Luiz Mangué

A criação é uma homenagem ao ex-governador e empresário Paulo Pimentel. O arquiteto fez um vasto estudo sobre a vida e a obra de Paulo Pimentel para que, mesmo criando um ambiente contemporâneo, sua persona se reconheça no espaço, utilizando iluminação indireta, alinhando a sobriedade com a descontração.

Viviane tratou o espaço como se fosse a área social de um apartamento e subdividiu a área em hall de entrada, living, sala de TV e varanda com SPA. 
A sala de estar conta com um sofá aconchegante, que é o coração da casa, além de dois chaises superconfortáveis, com uma estante em madeira avelã, desenhada para o escritório (que possui uma lareira em limestone como centro).
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Estar com Terraço, Viviane Loyola

Viviane tratou o espaço como se fosse a área social de um apartamento e subdividiu a área em hall de entrada, living, sala de TV e varanda com SPA. A sala de estar conta com um sofá aconchegante, que é o coração da casa, além de dois chaises superconfortáveis, com uma estante em madeira avelã, desenhada para o escritório (que possui uma lareira em limestone como centro).

O projeto se caracteriza pela busca da otimização do cotidiano agitado de uma profissional, jovem e contemporânea, que divide seu tempo entre família e trabalho.
Leveza e sofisticação marcam o design, que utiliza poucos e refinados materiais, tais como o mármore e madeira natural. O pantone branco foi o eleito da vez, aparecendo no piso, bancadas e teto para iluminar e contrastar com a cor natural da madeira, que é um pouco mais escura.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Home Office, por Larissa Gomes

O projeto se caracteriza pela busca da otimização do cotidiano agitado de uma profissional, jovem e contemporânea, que divide seu tempo entre família e trabalho. Leveza e sofisticação marcam o design, que utiliza poucos e refinados materiais, tais como o mármore e madeira natural. O pantone branco foi o eleito da vez, aparecendo no piso, bancadas e teto para iluminar e contrastar com a cor natural da madeira, que é um pouco mais escura.

Aconchegante, o ambiente  segue a linha contemporânea, com laca off white, madeira clara, mármore, papel de parede, placas em couro croco e espelhos. Os destaques são a cabeceira em placas de couro alinhadas ao ripado vazado na marcenaria e a lareira em pedra com ripado iluminado na parte posterior.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Quarto do casal, por Mariana Stockler e Carolina Posanske

Aconchegante, o ambiente segue a linha contemporânea, com laca off white, madeira clara, mármore, papel de parede, placas em couro croco e espelhos. Os destaques são a cabeceira em placas de couro alinhadas ao ripado vazado na marcenaria e a lareira em pedra com ripado iluminado na parte posterior.

A principal tendência apresentada no espaço é o retorno do dourado, aliado ao ambiente monocromático onde o tom escuro é harmonizado com a madeira. Metais Deca, da linha Red Gold,  painéis amadeirados da Berneck compõem o trabalho. Além disso, há uma bancada de apoio revestida em couro fornecida, pela Naturalle. A banheira freestanding traz praticidade, pois não requer alvenaria e sua manutenção é considerada simples.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala de banho, por Melissa Dallegrave Afonso

A principal tendência apresentada no espaço é o retorno do dourado, aliado ao ambiente monocromático onde o tom escuro é harmonizado com a madeira. Metais Deca, da linha Red Gold, painéis amadeirados da Berneck compõem o trabalho. Além disso, há uma bancada de apoio revestida em couro fornecida, pela Naturalle. A banheira freestanding traz praticidade, pois não requer alvenaria e sua manutenção é considerada simples.

É um espaço pensado para o casal interagir e onde tudo é tecnológico e funcional. Simétrico, o ambiente tem painéis amadeirados e mistura de texturas. Toda a marcenaria foi feita com a madeira Frassino Almendra, da Berneck, que é lançamento. O tapete em Chevron, com desenho exclusivo para a mostra, além de lareira e tampos em Neolith, são os destaques exclusivos.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Home Privativo do Casal, Mariana Paula Souza

É um espaço pensado para o casal interagir e onde tudo é tecnológico e funcional. Simétrico, o ambiente tem painéis amadeirados e mistura de texturas. Toda a marcenaria foi feita com a madeira Frassino Almendra, da Berneck, que é lançamento. O tapete em Chevron, com desenho exclusivo para a mostra, além de lareira e tampos em Neolith, são os destaques exclusivos.

O ambiente é focado no jovem viajante, apreciador do estilo vintage, e mistura o rústico com o moderno. A mistura de cores, texturas e materiais pode ser vista no papel de parede, na madeira e na pintura no teto, que lembra o aço corten.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Studio do Rapaz, assinado por Romy Schneider

O ambiente é focado no jovem viajante, apreciador do estilo vintage, e mistura o rústico com o moderno. A mistura de cores, texturas e materiais pode ser vista no papel de parede, na madeira e na pintura no teto, que lembra o aço corten.

O espaço, chamado de Foyer tem a função de receber os visitantes, expor os veículos da Renault e proporcionar um local agradável de espera. Já a Garagem é um local conceitual e possui a finalidade de ser um refúgio, local criativo para a produção de projetos, contemplação e, ainda, receber amigos. A área também foi reservada para a exposição de um carro elétrico da marca.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Foyer e a Garagem Renault, assinado por Bruno Colle

O espaço, chamado de Foyer tem a função de receber os visitantes, expor os veículos da Renault e proporcionar um local agradável de espera. Já a Garagem é um local conceitual e possui a finalidade de ser um refúgio, local criativo para a produção de projetos, contemplação e, ainda, receber amigos. A área também foi reservada para a exposição de um carro elétrico da marca.

A valorização dos elementos naturais é um dos pontos mais fortes do espaço, com o uso da madeira de fundamento, da madeira dormente e da recuperação do piso original da casa. O projeto reconhece a beleza da natureza, da madeira bruta como ela é, porém, com tecnologia de acabamento - uma tendência forte que pode ser vista no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Quarto do Bebê, projeto da arquiteta Fernanda Distéfano

A valorização dos elementos naturais é um dos pontos mais fortes do espaço, com o uso da madeira de fundamento, da madeira dormente e da recuperação do piso original da casa. O projeto reconhece a beleza da natureza, da madeira bruta como ela é, porém, com tecnologia de acabamento - uma tendência forte que pode ser vista no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano.

O mobiliário solto é clean e atemporal, fazendo parceria com toda a marcenaria desenhada pelo escritório, que é composta somente de uma tonalidade de madeira. Uma cama, com o dossel com bolas na parte superior, é ponto forte do projeto e foi desenhada pela arquiteta.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Studio do Jovem Casal, por Flávia Bonet

O mobiliário solto é clean e atemporal, fazendo parceria com toda a marcenaria desenhada pelo escritório, que é composta somente de uma tonalidade de madeira. Uma cama, com o dossel com bolas na parte superior, é ponto forte do projeto e foi desenhada pela arquiteta.

O mobiliário conta com um abajur e um gaveteiro, também desenhados pelos arquitetos. Ajudam a compor o ambiente uma poltrona e um pufe Milão, fornecidos pela Inove Design - peças de lançamento. O diferencial da poltrona é a lâmina de madeira natural que reveste o encosto e toda a base giratória de metal. O tecido é um linho da cor azul Tiffany.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Quarto de Hóspedes, por Christian e Richard Schönhofen

O mobiliário conta com um abajur e um gaveteiro, também desenhados pelos arquitetos. Ajudam a compor o ambiente uma poltrona e um pufe Milão, fornecidos pela Inove Design - peças de lançamento. O diferencial da poltrona é a lâmina de madeira natural que reveste o encosto e toda a base giratória de metal. O tecido é um linho da cor azul Tiffany.

A versatilidade dos painéis e o uso do dourado são as principais tendências do espaço. O desnível que divide o quarto em dois espaços, os quatro painéis de correr com usos diferenciados, uma pintura metálica dourada nos móveis (feitos pela Millo Móveis), o dourado nos móveis e o uso do mesmo matelassê na cabeceira e dentro do armário compõem com uma cama extra embutida.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Quarto da Moça, Yara Mendes

A versatilidade dos painéis e o uso do dourado são as principais tendências do espaço. O desnível que divide o quarto em dois espaços, os quatro painéis de correr com usos diferenciados, uma pintura metálica dourada nos móveis (feitos pela Millo Móveis), o dourado nos móveis e o uso do mesmo matelassê na cabeceira e dentro do armário compõem com uma cama extra embutida.

Sem portas, o espaço se torna acolhedor, com elementos como o sofá e a poltrona em couro, o amadeirado ripado como revestimento nas paredes e teto, além de uma boa circulação e integração entre espaço e convívio das pessoas. O uso do amadeirado nas paredes e papel de parede traz praticidade ao ambiente. A funcionalidade, neste caso, é o ponto central da lareira, trazendo praticidade na circulação. Toda iluminação em LED, com lâmpadas dimerizáveis, foi executada através de automação, com cenas criadas para o aconchego do ambiente.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Estar Íntimo da Família, por Carla Grüdtner

Sem portas, o espaço se torna acolhedor, com elementos como o sofá e a poltrona em couro, o amadeirado ripado como revestimento nas paredes e teto, além de uma boa circulação e integração entre espaço e convívio das pessoas. O uso do amadeirado nas paredes e papel de parede traz praticidade ao ambiente. A funcionalidade, neste caso, é o ponto central da lareira, trazendo praticidade na circulação. Toda iluminação em LED, com lâmpadas dimerizáveis, foi executada através de automação, com cenas criadas para o aconchego do ambiente.

Para suavizar o impacto visual estreito que é reforçado pela altura da fachada do prédio principal da mostra, procuraram verticalizar o espaço o máximo possível com plantas altas. Os tons escuros dos acabamentos compõem com o verde exuberante da vegetação proporcionada pela Philodendron Paisagismo, em parceria com a Revoluta Plantas. O trabalho tem o papel fundamental de tornar toda a área menos árida, dando ao espaço um clima acolhedor e convidativo.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Jardim da Piscina, por Nadia Bentz, Vanderlan Farias e Beto Lemos

Para suavizar o impacto visual estreito que é reforçado pela altura da fachada do prédio principal da mostra, procuraram verticalizar o espaço o máximo possível com plantas altas. Os tons escuros dos acabamentos compõem com o verde exuberante da vegetação proporcionada pela Philodendron Paisagismo, em parceria com a Revoluta Plantas. O trabalho tem o papel fundamental de tornar toda a área menos árida, dando ao espaço um clima acolhedor e convidativo.

O uso da cor cinza e suas tonalidades também foram inspirações para o loft, aliado à mistura de materiais como pedra, madeira maciça, couro e papel de parede levemente metalizado. A integração dos espaços é reforçada com obras de arte de grandes artistas, como Alfredo Andersenm, Antoni Tàpies, Odettp Guersoni, Tomie Ohtake, Reynaldo Candia e Eleutherio Netto, além de uma coleção de Muranos e livros de arte.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Loft de um médico, por Michele Krauspenhar

O uso da cor cinza e suas tonalidades também foram inspirações para o loft, aliado à mistura de materiais como pedra, madeira maciça, couro e papel de parede levemente metalizado. A integração dos espaços é reforçada com obras de arte de grandes artistas, como Alfredo Andersenm, Antoni Tàpies, Odettp Guersoni, Tomie Ohtake, Reynaldo Candia e Eleutherio Netto, além de uma coleção de Muranos e livros de arte.

A mesa foi criada para o ambiente pelo designer de produto, Bernardo Heller, a pedido das profissionais. As poltronas são do designer Ronald Sasson. O sofá e a poltrona giratória são da marca Natuzzi Editons, combinados com lindos e requintados jogos de taças e algumas peças especiais em cristal, da Casa da Polônia. Além da volta das antigas cristaleiras, com uma nova roupagem nas linhas retas e acabamentos, há uso de tecido em painéis, usados no móvel da TV e nas portas de entrada.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala de Almoço e Convivência, por Carla Gil Heller (designer de interiores) e Fernanda Gil Heller (arquiteta)

A mesa foi criada para o ambiente pelo designer de produto, Bernardo Heller, a pedido das profissionais. As poltronas são do designer Ronald Sasson. O sofá e a poltrona giratória são da marca Natuzzi Editons, combinados com lindos e requintados jogos de taças e algumas peças especiais em cristal, da Casa da Polônia. Além da volta das antigas cristaleiras, com uma nova roupagem nas linhas retas e acabamentos, há uso de tecido em painéis, usados no móvel da TV e nas portas de entrada.

A ideia foi levar requinte à adega, fugindo dos padrões tradicionais rústicos do ambiente. Materiais como o mármore Persa Fendi, a madeira, o couro das poltronas e a vegetação de musgo natural criam um mix de sensações que vão da elegância ao aconchego. Os arquitetos idealizaram, ainda, uma suposta variedade de anotações do casal em um mapa mundi, desenhado na parede.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Estar com Adega, por Maria Alice Crippa e Gustavo Assis

A ideia foi levar requinte à adega, fugindo dos padrões tradicionais rústicos do ambiente. Materiais como o mármore Persa Fendi, a madeira, o couro das poltronas e a vegetação de musgo natural criam um mix de sensações que vão da elegância ao aconchego. Os arquitetos idealizaram, ainda, uma suposta variedade de anotações do casal em um mapa mundi, desenhado na parede.

As profissionais apostaram na utilização de fibra ótica como iluminação de ambientes e a alta tecnologia. Um painel interativo de triângulos assimétricos foi feito com melamina e acrílico vermelho, compondo com alarmes de infravermelho, leitura biométrica, entre outros elementos de segurança. O lustre, também de fibra ótica, com cristais da Fada, é destaque no espaço.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lounge Link, por Clarice Volpi e Simone Volpi Zoller

As profissionais apostaram na utilização de fibra ótica como iluminação de ambientes e a alta tecnologia. Um painel interativo de triângulos assimétricos foi feito com melamina e acrílico vermelho, compondo com alarmes de infravermelho, leitura biométrica, entre outros elementos de segurança. O lustre, também de fibra ótica, com cristais da Fada, é destaque no espaço.

A principal tendência apresentada é a junção entre o natural e o higtech. Essa linha de projeto possui força na escolha do mobiliário, sem que seja necessária a ostentação. Foi feita a aplicação de cores tendência desse ano nos revestimentos e de materiais lançamento, como a louça cinza-fosco da Deca.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Toilettes Sociais Funcionais, por Pauline Kubiak

A principal tendência apresentada é a junção entre o natural e o higtech. Essa linha de projeto possui força na escolha do mobiliário, sem que seja necessária a ostentação. Foi feita a aplicação de cores tendência desse ano nos revestimentos e de materiais lançamento, como a louça cinza-fosco da Deca.

Entre as principais tendências usadas por Sumara está o uso da automação nos sistemas de áudio, vídeo, iluminação e persianas, em sistemas totalmente integrados. Além disso, ela fez o resgate do uso de madeiras naturais, de forma consciente e sustentável. Neste ambiente, foi usada a lâmina da madeira catuaba, junto com os tons metálicos da decoração, que atraem olhares para os projetos devido ao brilho e ao charme que imprimem aos espaços.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala da Presidência, por Sumara Bottazzari

Entre as principais tendências usadas por Sumara está o uso da automação nos sistemas de áudio, vídeo, iluminação e persianas, em sistemas totalmente integrados. Além disso, ela fez o resgate do uso de madeiras naturais, de forma consciente e sustentável. Neste ambiente, foi usada a lâmina da madeira catuaba, junto com os tons metálicos da decoração, que atraem olhares para os projetos devido ao brilho e ao charme que imprimem aos espaços.

Com este ambiente é possível visualizar que mesmo um pequeno espaço pode ser transformado num lugar projetado para o descanso e a interatividade entre seus funcionários. Elas seguem a tendência de proporcionar soluções rápidas, não muito onerosas e que mostrem o cuidado da empresa com o bem-estar dos colaboradores, sem esquecer da sustentabilidade, apresentada na iluminação em LED, madeiras certificadas e o tecido dos futtons, que é um aproveitamento da indústria têxtil, e garrafas PET, chamadas sarja Eco.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala Comercial, por Denise Pereira Bazzo e Janaina Bazzo

Com este ambiente é possível visualizar que mesmo um pequeno espaço pode ser transformado num lugar projetado para o descanso e a interatividade entre seus funcionários. Elas seguem a tendência de proporcionar soluções rápidas, não muito onerosas e que mostrem o cuidado da empresa com o bem-estar dos colaboradores, sem esquecer da sustentabilidade, apresentada na iluminação em LED, madeiras certificadas e o tecido dos futtons, que é um aproveitamento da indústria têxtil, e garrafas PET, chamadas sarja Eco.

O espaço funciona como um estar bastante aconchegante e sóbrio, com um piso elevado que delimita a área da bancada coletiva de trabalho. No mobiliário ela utilizou peças assinadas pelo designer catarinense Jader Almeida, que lembram as brasilidades presentes na madeira, no sofá em veludo verde acizentado e poltronas com acabamentos em azul.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Sala de Imprensa, por Fernanda Eicke

O espaço funciona como um estar bastante aconchegante e sóbrio, com um piso elevado que delimita a área da bancada coletiva de trabalho. No mobiliário ela utilizou peças assinadas pelo designer catarinense Jader Almeida, que lembram as brasilidades presentes na madeira, no sofá em veludo verde acizentado e poltronas com acabamentos em azul.

A modularidade e mix de texturas, além do estilo contemporâneo e rústico, se unem em harmonia. Lilian adota os conceitos de módulo e padrão e industrial e rígido, que se contrapõem ao orgânico da madeira rústica e vegetação, que traz equilíbrio e aquece.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Empório Orgânico, por Lilian Barbosa

A modularidade e mix de texturas, além do estilo contemporâneo e rústico, se unem em harmonia. Lilian adota os conceitos de módulo e padrão e industrial e rígido, que se contrapõem ao orgânico da madeira rústica e vegetação, que traz equilíbrio e aquece.

A área foi idealizada como uma galeria de arte, onde o destaque maior é para os quadros de fotografias. Com isso, o arquiteto fez o teto e duas paredes na cor preta e utilizando iluminação com lâmpadas dicróicas, direcionadas para os elementos de destaque.

André fez um grande painel de espelho no fundo do ambiente, sobressaltado da parede, com iluminação de fita de LED por trás, que dá a sensação de flutuar. Todo mobiliário é de design italiano, da Vitra.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Instalação de Arte Fotográfica, por André Bertoluci

A área foi idealizada como uma galeria de arte, onde o destaque maior é para os quadros de fotografias. Com isso, o arquiteto fez o teto e duas paredes na cor preta e utilizando iluminação com lâmpadas dicróicas, direcionadas para os elementos de destaque. André fez um grande painel de espelho no fundo do ambiente, sobressaltado da parede, com iluminação de fita de LED por trás, que dá a sensação de flutuar. Todo mobiliário é de design italiano, da Vitra.

A principal tendência mostrada é o uso do MDF texturizado, apresentado pela Masisa, como também a utilização do jogo geométrico dos plafons e da utilização de elementos industriais, como a chapa de pintura eletroestática imitando o aço corten. As mesas centrais e os plafons centrais são de design do escritório, em parceria com diversos fornecedores. As luminárias fazem jogo de alturas entre elas, criando um movimento geométrico de luz.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Estar Social, Bender Arquitetura

A principal tendência mostrada é o uso do MDF texturizado, apresentado pela Masisa, como também a utilização do jogo geométrico dos plafons e da utilização de elementos industriais, como a chapa de pintura eletroestática imitando o aço corten. As mesas centrais e os plafons centrais são de design do escritório, em parceria com diversos fornecedores. As luminárias fazem jogo de alturas entre elas, criando um movimento geométrico de luz.

A onça esculpida especialmente para o espaço é a mesa de centro do lounge de espera. As poltronas em fibra remetem ao Camboja. As estantes, levam a assinatura de Jader Almeida. As salas de apoio recebem um painel que funciona como uma grande floreira, para receber as plantas que humanizam o ambiente.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lobby de Hotel, assinado pela decoradora Walkiria Nossol e a arquiteta Jéssica Brandão

A onça esculpida especialmente para o espaço é a mesa de centro do lounge de espera. As poltronas em fibra remetem ao Camboja. As estantes, levam a assinatura de Jader Almeida. As salas de apoio recebem um painel que funciona como uma grande floreira, para receber as plantas que humanizam o ambiente.

O projeto traz inspiração no estilo imperial dos castelos ingleses, somada à modernidade dos dias atuais na textura do móvel. O uso do dourado com o cinza é uma das principais tendências do espaço, visto na laca dourada, no MDF com textura de tecido cinza e no piso.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Loja da Casa, por Hellen Caroline Giacomitti

O projeto traz inspiração no estilo imperial dos castelos ingleses, somada à modernidade dos dias atuais na textura do móvel. O uso do dourado com o cinza é uma das principais tendências do espaço, visto na laca dourada, no MDF com textura de tecido cinza e no piso.

O espaço prioriza materiais em seu estado puro, como os metais em ferros de vergalhões de obra, oxidados nos painéis tramados da fachada, que dividem espaço com as ripas de madeira carbonizada. Estas são pinus de reflorestamento selecionados e “queimados” com seu próprio “corpo” (não necessitando de lenha de outra madeira). Essa madeira se repete nas prateleiras/nichos, com uma queima mais sutil, revelando os veios do pinus em alto e baixo relevo - a partir de uma técnica milenar japonesa chamada Shou Sugi Ban, ainda usada no Japão.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Les Terrois du Monde, por Antonio Goulart & Partners

O espaço prioriza materiais em seu estado puro, como os metais em ferros de vergalhões de obra, oxidados nos painéis tramados da fachada, que dividem espaço com as ripas de madeira carbonizada. Estas são pinus de reflorestamento selecionados e “queimados” com seu próprio “corpo” (não necessitando de lenha de outra madeira). Essa madeira se repete nas prateleiras/nichos, com uma queima mais sutil, revelando os veios do pinus em alto e baixo relevo - a partir de uma técnica milenar japonesa chamada Shou Sugi Ban, ainda usada no Japão.

Um ambiente contemporâneo e elegante, com piso em porcelanato, forrado de marcenaria da Berneck, mobília solta da Green House, iluminação intimista da Grey Houese e dois lustres de cristal polonês, da Casa da Polônia.

Destaque para as artistas Malu Rogers e Juliane Fuganti, com obras de arte que compõem o espaço, que foi todo trabalhado em madeira e preto - cores escuras para deixar a área sóbria e elegante, com aspecto de bar e pub internacional.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Open Bar, por Marcelo Lopes

Um ambiente contemporâneo e elegante, com piso em porcelanato, forrado de marcenaria da Berneck, mobília solta da Green House, iluminação intimista da Grey Houese e dois lustres de cristal polonês, da Casa da Polônia. Destaque para as artistas Malu Rogers e Juliane Fuganti, com obras de arte que compõem o espaço, que foi todo trabalhado em madeira e preto - cores escuras para deixar a área sóbria e elegante, com aspecto de bar e pub internacional.

O conceito do ambiente é basicamente um industrial chic: a mescla de materiais brutos com acabamentos mais primorosos, que permitem que a essência bruta e minimalista de um espaço industrial associe conforto físico e também visual, com aparatos tecnológicos e acabamentos mais sofisticados.
O piso tem faixas de mármore preto e cinza, em paginação Chevron, aliadas a dois painéis de MDF revestidos com adesivos metalizados, que delimitam o acesso aos banheiros masculino e feminino.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Banheiro para Elas e Eles, por Nilson Torres

O conceito do ambiente é basicamente um industrial chic: a mescla de materiais brutos com acabamentos mais primorosos, que permitem que a essência bruta e minimalista de um espaço industrial associe conforto físico e também visual, com aparatos tecnológicos e acabamentos mais sofisticados. O piso tem faixas de mármore preto e cinza, em paginação Chevron, aliadas a dois painéis de MDF revestidos com adesivos metalizados, que delimitam o acesso aos banheiros masculino e feminino.

O fato de ele estar locado onde eram as rotativas do jornal O Estado do Paraná a levou a trabalhar com um estilo mais industrial, mantendo a estrutura aparente de telhado, luminárias existentes e piso em concreto.
A arquiteta mostra que é possível manter os elementos existentes, como nos lofts do centro de Nova York. Essa inspiração gerou pendentes desenhados especialmente para o espaço, fornecidos pela Led Lâmpadas. Piso com porcelanato aço corten estão sob quadros suspensos com imagens das primeiras edições do jornal.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Café, por Viviane Tabalipa

O fato de ele estar locado onde eram as rotativas do jornal O Estado do Paraná a levou a trabalhar com um estilo mais industrial, mantendo a estrutura aparente de telhado, luminárias existentes e piso em concreto. A arquiteta mostra que é possível manter os elementos existentes, como nos lofts do centro de Nova York. Essa inspiração gerou pendentes desenhados especialmente para o espaço, fornecidos pela Led Lâmpadas. Piso com porcelanato aço corten estão sob quadros suspensos com imagens das primeiras edições do jornal.

A arquiteta trabalhou com mobiliário em todo o pé direito, optando por paisagismo central de praça, valorizando o ambiente para quem estiver na parte de cima. A lâmina Autentic, da Arauco, é a grande novidade, além do papel de parede em 3D, lançamento da Orlean.  Lustres de cristal, objetos decorativos e o sistema de som da Euro Áudio unem estética, conforto e funcionalidade, sem deixar de lado a característica do estilo do local.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Resto Bar, por Renata da Rosa Sguario

A arquiteta trabalhou com mobiliário em todo o pé direito, optando por paisagismo central de praça, valorizando o ambiente para quem estiver na parte de cima. A lâmina Autentic, da Arauco, é a grande novidade, além do papel de parede em 3D, lançamento da Orlean. Lustres de cristal, objetos decorativos e o sistema de som da Euro Áudio unem estética, conforto e funcionalidade, sem deixar de lado a característica do estilo do local.

O paisagista Wolfgang Schlögel é o responsável pelo Lounge e Praça Compagas, de 250 m², na Casa Cor Paraná 2016. Ele utilizou o conceito de espaço para eventos e se inspirou em temas africanos. Mesmo sendo uma área coberta, o ambiente não perde a identidade concedida pelos elementos do paisagismo.

Com pé direito alto, conta com um canteiro de rochas no coração do espaço. As 30 rochas, gigantescas, são da região, usadas como elementos para humanizar o projeto.
A tapeçaria gigantesca, na vertical, tem estampa do artista italiano Antonio Meneghetti, com mobiliário Madeplast.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Lounge e Praça Compagas, por Wolfgang Schlögel

O paisagista Wolfgang Schlögel é o responsável pelo Lounge e Praça Compagas, de 250 m², na Casa Cor Paraná 2016. Ele utilizou o conceito de espaço para eventos e se inspirou em temas africanos. Mesmo sendo uma área coberta, o ambiente não perde a identidade concedida pelos elementos do paisagismo. Com pé direito alto, conta com um canteiro de rochas no coração do espaço. As 30 rochas, gigantescas, são da região, usadas como elementos para humanizar o projeto. A tapeçaria gigantesca, na vertical, tem estampa do artista italiano Antonio Meneghetti, com mobiliário Madeplast.

Em 12 m², a arquiteta buscou inspiração no corpo e suas sombras, contextualizando o signo da gestação, do nascimento e da morte – a impermanência.
Focada nas cores pretas e azul, consideradas tendências para 2017, e em formas geométricas, Cinthya desenvolveu um ambiente inédito, que serve de inspiração para um corredor ou uma área de circulação. Os recursos e materiais são simples, com a simplicidade a favor do luxo, aproveitando a iluminação, em LED e pontual, e muito MDF.
No espaço há uma escultura em chapas de MDF, réplica de uma escultura do artista Matteo Pugliese. É uma obra em 3D que emerge das paredes do ambiente, representando o homem e suas emoções.
Celebração em alto estilo! Confira os ambientes inspiradores da Casa Cor Paraná 2016
Galeria de entrada e bilheteria, assinada por Cynthia Karas / Foto:

Em 12 m², a arquiteta buscou inspiração no corpo e suas sombras, contextualizando o signo da gestação, do nascimento e da morte – a impermanência. Focada nas cores pretas e azul, consideradas tendências para 2017, e em formas geométricas, Cinthya desenvolveu um ambiente inédito, que serve de inspiração para um corredor ou uma área de circulação. Os recursos e materiais são simples, com a simplicidade a favor do luxo, aproveitando a iluminação, em LED e pontual, e muito MDF. No espaço há uma escultura em chapas de MDF, réplica de uma escultura do artista Matteo Pugliese. É uma obra em 3D que emerge das paredes do ambiente, representando o homem e suas emoções.

Celebração, esse é o clima da Casa Cor a nível nacional em 2016, ano em que a marca comemora 30 anos e atividades no mercado de decoração do Brasil, sempre inovando e apresentando o que há de mais inusitado, aconchegante, belo e diferente para qualquer ambiente. O tema representa um convite aos profissionais arquitetos, designers e paisagistas a pensarem A Casa como espaço de celebração da vida.

“A CASA COR PARANÁ, firme no seu compromisso de valorizar o patrimônio histórico e emblemático de Curitiba, e na contramão da crise, se apresenta arrojada no emblemático prédio da Editora Grupo Paulo Pimentel, sede histórica de grandes títulos do jornalismo impresso paranaense”, declara a diretora da Casa Cor Paraná, Marina Nessi.

O espaço de 6.000 metros quadrados abriga 48 ambientes e no período de 19 de junho a 31 de julho, mais uma vez oferece aos visitantes experiências vivas de morar, que inspiram, emocionam e transformam a casa em sintonia com o espírito da época, além de um roteiro cultural completo, com atrações para toda a família e opções de entretenimento e gastronomia.

A Casa

Dividida por setores, a área inicial, da Recepção, conta com Pórtico e Volumetria, Fachada, Jardim, Pet in Container, Foyer e Garagem Renault, Galeria de Entrada e Bilheteria e Lugar de Criança.

O setor Residencial abriga o Lounge Arauco, Sala Vip, Biblioteca, Lavabo Funcional, Sala de Jantar, Living Principal, Toilette Social, Sala de Troféus, Estar com Terraço, Home Office, Quarto do Casal com Closet, Sala de Banho do Casal, Home Privativo do Casal, Studio do Rapaz, Quarto do Bebê, Studio do Jovem Casal, Quarto de Hóspedes, Quarto da Moça, Estar Íntimo da Família, Loft de um Médico, Sala de Almoço e Convivência, Cozinha Gourmet e Estar com Adega.

No setor de Convivência e Passeio de Compras estão o Lounge Link, Toilettes Sociais Funcionais, Lounge Casa Cor Santa Catarina, Sala da Presidência, Sala Comercial, Espaço Tintas Renner, Sala de Imprensa, Empório Orgânico, Instalação de Arte Fotográfica, Estar Social, Lobby de Hotel, A Loja da Casa, Les Terrois du Monde, Open Bar Miami, Banheiro para Eles & Elas.

Além de tudo isso, a Casa Cor Paraná 2016 conta com uma ampla área funcional de Gastronomia e Eventos, com Café, Resto Bar e Lounge e Praça Compagas.

Acesse a galeria e confira os ambientes da mostra! As fotos são de Marcelo Stammer.

Em 12 m², a arquiteta buscou inspiração no corpo e suas sombras, contextualizando o signo da gestação, do nascimento e da morte – a impermanência. Focada nas cores pretas e azul, consideradas tendências para 2017, e em formas geométricas, Cinthya desenvolveu um ambiente inédito, que serve de inspiração para um corredor ou uma área de circulação. Os recursos e materiais são simples, com a simplicidade a favor do luxo, aproveitando a iluminação, em LED e pontual, e muito MDF. No espaço há uma escultura em chapas de MDF, réplica de uma escultura do artista Matteo Pugliese. É uma obra em 3D que emerge das paredes do ambiente, representando o homem e suas emoções.
Bilheteria e a Galeria de Entrada, assinada pela arquiteta Cynthia Karas / Foto: Marcelo Stemmer

Um imóvel de muita história

Endereço na Vista Alegre, inaugurado em 1974, foi construído para abarcar os trabalhadores e todas as etapas do então novo processo de impressão, offset, dos jornais da Editora O Estado do Paraná

Como tudo que é especial e raro, o endereço da Casa Cor Paraná 2016 fica guardado nos fundos de uma área de 30 mil m², no Vista Alegre, em uma estrutura que, fazendo jus ao nome do bairro, proporciona um dos mais belos recortes visuais da capital paranaense. Para o proprietário da área, o ex-governador Paulo Pimentel, não houve como se desvencilhar deste fator. “O erro de fazer um prédio nos fundos se dissipava diariamente com a vista, que nos atraiu mais. É muito bonita”, admite. E ela determinou a localização da obra, na hora de erguer uma estrutura projetada para ser capaz de comportar de modo organizado todo o parque gráfico do então “novo” processo de impressão, offset, que substituiria a impressão a chumbo.

“Quando comprei O Estado do Paraná e a Tribuna, em 1962, os jornais ficavam sediados em um prédio na Barão, um bom prédio, mas com as instalações superadas, seguindo a tendência dos grandes jornais do país que estavam saindo do Centro, fizemos um projeto para instalar um jornal nessa área que já me pertencia de 30 mil m²”, explica o ex-governador. O primeiro prédio construído foi o da TV, na parte da frente do terreno. Depois foi a vez da obra que ficaria o jornal.

“Como nós iríamos instalar o novo sistema, offset, que era o que havia de mais moderno, fizemos um projeto muito bem dividido, extremamente segmentado, a parte da frente não existia, nem a dos fundos. No buraco ficava a rotativa e o prédio era fechado atrás. Com o tempo o jornal cresceu, aumentou a tiragem, e tivemos que comprar mais duas rotativas. Aí fizemos a parte de trás. Então, essa parte ficou com um piso aberto em dois andares, para deixar as três rotativas embaixo”, descreve o idealizador da “fábrica de jornais”. Essa foi apenas uma de tantas designações associadas ao endereço.

Para muitos profissionais da imprensa, o local é o “templo do jornalismo”, seja pelo conteúdo que foi ali impresso em milhares de publicações, seja pela energia retida de gerações de trabalhadores dispostos a interferir na comunidade por meio da informação. Não por acaso, são muitos os relatos de pessoas que afirmam ter encontrado fantasmas, ouvido barulhos e movimentações com o local vazio, ou simplesmente sentir a vibração que emana desse lugar. O certo é que essa histórica construção possui paredes revestidas de alma e contestação.

Casa Cor Paraná

DATA: 21 de Junho a 31 de Julho de 2016

HORÁRIOS: Terça a Quinta – das 15h às 21h; Sábado – das 13h às 21h; Domingo – das 13h às 19h

ONDE? Rua João Tschannerl, 880 – Vista Alegre – CEP: 80820-010 – Curitiba – PR

QUANTO? R$ 44,00 e R$ 22,00 (meia)

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar essas HTML tags e atributos de texto: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Siga-nos nas redes sociais e faça parte da nossa comunidade!